TÍTULO DO PROJETO 

Fruturos: tempos amazônicos (Itinerância)

PERÍODO 

12/07/2024 – 12/09/2024 

LOCAL 

Centro Cultural de Parauapebas (PA)

ENDEREÇO

Rua 1 (Quadra Especial) S/N – Bairro Alvorá

HORÁRIO

Segunda-feira à sexta-feira, das 10 às 18h

Coordenação da itinerância e de produção

Automatica

Coordenação

Luiza Mello, Mariana Schincariol de Mello e Marisa S. Mello

Equipe

Amauri Souza, Ayla Gomes, Diogo Fernandes, Geane Lino, Julia Rebello, Lucas Alberto e Paulino Costa

Produção local

Jairon Gomes

Registro fotográfico

Ivan Oliveira

Centro Cultural Parauapebas
 

Sandra Santos: Secretaria Municipal de Cultura

Afonso Camargo: Secretário Adjunto Municipal de Cultura
Joane Carvalho: Coordenadora Geral do Centro Cultural Parauapebas
Kiki Oliver: Direção Artística do Centro Cultural Parauapebas
Gil Duarte: Coordenacao de Comunicação Secult Parauapebas
Museu do Amanhã

Adaptação curatorial

Marina Piquet, Izabelle Araujo e Amarílis Lage

Curadoria original

Leonardo Menezes

Concepção curatorial

Luiz Alberto Oliveira, Leonardo Menezes, Eduardo Carvalho e Emanuel Alencar

Editores artísticos

Amarílis Lage e Eduardo Carvalho

Editora de Conteúdo

Jéssica Tabuti

Redator

Felipe Silva

Pré produção

Izabelle Araújo, Bruna Brito, Ricardo De Aquino, Ingrid Vidal e Guilherme Venancio

Consultor-chefe

Paulo Artaxo

Consultores

Anna Carolina Aguiar, Fabio Scarano, Francisco de Assis Costa, Ima Célia Guimarães Vieira, Marina Kahn, Nurit Bensusan, Paulo Moutinho, Ricardo Abramovay e Rita Mesquita

Pesquisadora

Nádia Pontes

Redator dos jogos e interativos de conteúdo científico

Eduardo Carvalho

Roteiros

Renata Di Carmo

Comunicação Estratégica

Marcia Domenech

Educação e Acessibilidade

Camila Oliveira

Projeto expográfico

Renata Pittigliani

Identidade visual

Estúdio Mola

Adaptação identidade visual

Dinamo Design

Cenografia

Camuflagem

VR Amazônia

MAGIC – Miami Dade College

Captação de imagens

Amazon Pictures

Produção Audiovisual

Agência Sapiens 

Confecção de jogos e interativos de conteúdo

El Pinheiro

Acervo

Agência France Presse, Globo, Agência Sapiens e Shutterstock

Projeto e instalações Tecnológicas

Inovatec Soluções Audiovisuais

Trilha Sonora

Tim Rescala e Thiago D’albuquerque

Revisão e Tradução

Magma Translation 

Acessibilidade

Mais Diferenças

Parceiros de conteúdo da exposição

IPAM – Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia, Agência Sapiens, AFP – Agence France-Presse, Grupo Globo, IMAZON – Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia, INPA – Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, ISA – Instituto Socioambiental, MAGIC – Miami Dade College (VR Amazônia), MapBiomas, Museu Goeldi, ONU – Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, RAISG – Rede Amazônica de Informação Socioambiental Georreferenciada,  UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro e USP – Universidade de São Paulo.

Agradecimentos

Agência FAPESP, Alcilene Cardoso, Amazônia 2030, Ane Alencar, Bayer, Beto Ricardo, Beto Veríssimo, Bruna Franchetto, Caetano Scannavino, Carlos Alberto Cid Ferreira (INPA), Carlos Levinho, Carlos Nobre, Cristina Amorim, Duda Pereira, Floriza da Cruz Pinto, Gabriel Gutierrez (Centro Cultural Vale Maranhão), Guilherme Oliveira (Instituto Tecnológico Vale), Jorginaldo de Oliveira (UFRJ), José Ennio Candotti, Maurício Ferrazza, Max Planck Institute for Biogeochemistry, MUSA, Museu do Índio, Noemia Ishikawa, Ollie Wearn, ONG Saúde e Alegria, Patricia Daros (Fundo Vale), Priscila Mizrahy, Renata Salles, Ricardo Folhes, Rita Mesquita (INPA) e Robert Ewerse Tasso Azevedo.

A mostra convida o público a experimentar a sensação de um mergulho em um lago amazônico, ressaltando a importância da diversidade de povos e abordando temas que tentam compreender e escutar quem vive na região e luta pela implementação de dinâmicas econômicas benéficas ao bioma tropical e a sua população. A realidade virtual mostra aos visitantes as atividades do cotidiano indígena e apresenta  a perspectiva que eles têm da natureza.

TÍTULO DO PROJETO 

Paisagens Ruminadas Luiz Zerbini

PERÍODO 

19/06/2024 – 02/09/2024 

LOCAL 

Centro Cultural Banco do Brasil RJ

ENDEREÇO

Rua Primeiro de Março, 66, Rio de Janeiro – RJ

HORÁRIO

Quarta-feira a domingo, das 9h às 20h

Curadoria

Clarissa Diniz

Ateliê Luiz Zerbini

Ana Luiza Fonseca

Arthur Moura

Juliana Wahner

Filipe Martins

Ruan D’Ornellas

Estúdio Baren

João Sanchéz

Gpeto

Produção 

Mourart 

Arthur Moura

Automatica

Luiza Mello

Izabel Campello

Marisa S. Mello

Mariana Schincariol de Mello

Paulino Costa Neto

Identidade visual e projeto gráfico 

Felipe Carnevalli 

Paula Lobato

Projeto expográfico 

Juliana Ziebell

Venta arquitetos

Laura Rosenbusch 

Gregório Rosenbusch

Projeto de iluminação 

BLight

Samuel Betts

Montagem 

Kbedim Montagem e Produção Cultural

Tour Virtual, Audioguia e Libras 

GS Soluções e Imagens

Cenografia 

Gabarito cenografia

Museologia 

Rio de Janeiro

Elisabeth do Valle Souto Soares

Luciana Christina Cruz e Souza

Valéria Garcia Sellanes 

Viviane Silveira Teixeira 

São Paulo

Mariane Tomi Sato

Belo Horizonte

Alice Gontijo

Curitiba

Ana Caniatti

Içamento 

Michael Danillo Santana de Souza 

Gilvan Silva Santos

Felipe de Oliveira Fraga

Revisão de textos 

Duda Costa

Tradução 

Paul Webb

Audiovisual 

On projeções

Plotagem e sinalização

Ginga design

Fotografia 

Pat Kilgore

Vídeo

Direção e Fotografia 

Manuel Águas

Fotografia adicional

Rita Albano 

Steadycam

Bacco 

Edição e finalização 

Lupércio Bogea 

Técnico de Som

Carlos Sotto 

Assessoria de imprensa 

Claudia Oliveira

Anna Accioly

Renata Monteiro

Comunicação Digital

Lê Bottino Comunicação Estratégica 

Alessandra Bottino 

Logística de transporte de obras 

Alves Tegam

Içamento 

Michael Danillo Santana de Souza 

Gilvan Silva Santos

Felipe de Oliveira Fraga

Manutenção

Caio Costa

Tatiana Belli

Agradecimentos

Alessandra D’Aloia

Alex Gabriel

Álvaro Piquet Pessoa

Angélica Cantarella Tironi

Automatica

Barrão

Bernardo Paz

Beto Silva e Sandra Morais

Caetano Veloso

Carlos Vergara

Charles Cosac

Chelpa Ferro

Coleção Auto Retrato do Brasil (Marcio Rebello)

Coleção Neiva Participações Ltda

Coleção Paiva de Azevedo

David Hubbard

Dinho Ouro Preto

Dulce e João Carlos de Figueiredo Ferraz

Edgar Moura 

Edgar Moura Brasil 

Galeria Fortes D’Aloia e Gabriel

Instituto Figueiredo Ferraz

Isabel Ralston

João Vergara

Jorge Allen

Laura Mello

Leonel Kaz 

Ligia Carvalhosa

Lilian e Romero Pimenta

Luiz Antonio de Sampaio Campos

Marcia Fortes

Mini Kerti

Mara e Marcio Fainziliber

Max Perlingeiro

Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand – MASP

Paula Lavigne

Paulo A. W. Vieira

Rosana e Arthur Pollis

Ricardo Rego

Rumi Verjee

Sergio Mekler

Stephen Friedman

Stephen Friedman Gallery

Sikkema Jenkins & Co.

Thiago Gomide

Walcyr Carrasco

Nesta retrospectiva, sob a curadoria de Clarissa Diniz, que apresenta 140 obras, algumas delas nunca exibidas, divididas em cinco núcleos temáticos, os visitantes são conduzidos por uma viagem visual que perpassa as constantes reelaborações paisagísticas do artista ao longo de sua carreira. A mostra destaca a centralidade da paisagem na prática artística de Zerbini, que transcende os limites da pintura para se manifestar em múltiplas linguagens e experimentações. Sua produção artística revela-se como um verdadeiro mosaico de formas, cores, padrões e narrativas, refletindo não apenas a visão do artista, mas também sua inquietude e sensibilidade diante do mundo. 

TÍTULO DO PROJETO 

Folhear

PERÍODO 

05/06/2024 – 08/09/2024 

LOCAIS e HORÁRIOS

Parque Botânico Vale, Vitória
Terça a domingo, das 8h às 17h

Reserva Natural Vale, Linhares
Terça a domingo, das 8h às 16h

Artistas

Rosana Ricalde e Felipe Barbosa

Curadoria

Ronaldo Barbosa

Produção

Automatica

Diogo Fernandes

Luiza Mello

Mariana Schincariol de Mello

Marisa S. Mello

Produção local

Lorena Simões

Design gráfico

Lin Lima

Consultoria educativa

Janaina Melo

Engenharia

Marcos Aschauer

Felipe Gerônimo (Abrange Engenharia)

Execução das esculturas

Ramtelli Serviços

Fundação
Start Estaqueamento

Montagem

Danilo Montagens

Com esculturas gigantes de até 10m de largura concebidas pelo casal de artistas Felipe Barbosa e Rosana Ricalde, a exposição “Folhear”  apresenta uma fusão entre arte contemporânea e a exuberância dos ecossistemas. A experiência artística ocupa dois importantes espaços de preservação da Mata Atlântica com esculturas produzidas com folhagens naturais dos próprios locais onde foram montadas.

 

TÍTULO DO PROJETO 

Fruturos: tempos amazônicos (Itinerância)

PERÍODO 

11/04/2024 – 30/06/2024 

LOCAL 

Casa da Cultura de Canaã dos Carajás (PA)

ENDEREÇO

Rua Esmeralda, 141 – Nova Canaã II, Canaã dos Carajás – PA

HORÁRIO

Segunda a sábado, das 8h às 19h

Coordenação da itinerância e de produção

Automatica

Coordenação

Luiza Mello, Mariana Schincariol de Mello e Marisa S. Mello

Equipe

Amauri Souza, Ayla Gomes, Diogo Fernandes, Geane Lino, Julia Rebello, Lucas Alberto e Paulino Costa

Produção local

Jairon Gomes

Adaptação curatorial

Marina Piquet, Izabelle Araujo e Amarílis Lage

Curadoria original

Leonardo Menezes

Concepção curatorial

Luiz Alberto Oliveira, Leonardo Menezes, Eduardo Carvalho e Emanuel Alencar

Editores artísticos

Amarílis Lage e Eduardo Carvalho

Editora de Conteúdo

Jéssica Tabuti

Redator

Felipe Silva

Pré produção

Izabelle Araújo, Bruna Brito, Ricardo De Aquino, Ingrid Vidal e Guilherme Venancio

Consultor-chefe

Paulo Artaxo

Consultores

Anna Carolina Aguiar, Fabio Scarano, Francisco de Assis Costa, Ima Célia Guimarães Vieira, Marina Kahn, Nurit Bensusan, Paulo Moutinho, Ricardo Abramovay e Rita Mesquita

Pesquisadora

Nádia Pontes

Redator dos jogos e interativos de conteúdo científico

Eduardo Carvalho

Roteiros

Renata Di Carmo

Comunicação Estratégica

Marcia Domenech

Educação e Acessibilidade

Camila Oliveira

Projeto expográfico

Renata Pittigliani

Identidade visual

Estúdio Mola

Adaptação identidade visual

Dinamo Design

Cenografia

Camuflagem

VR Amazônia

MAGIC – Miami Dade College

Captação de imagens

Amazon Pictures

Produção Audiovisual

Agência Sapiens 

Confecção de jogos e interativos de conteúdo

El Pinheiro

Acervo

Agência France Presse, Globo, Agência Sapiens e Shutterstock

Projeto e instalações Tecnológicas

Inovatec Soluções Audiovisuais

Trilha Sonora

Tim Rescala e Thiago D’albuquerque

Revisão e Tradução

Magma Translation 

Acessibilidade

Mais Diferenças

Parceiros de conteúdo da exposição

IPAM – Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia, Agência Sapiens, AFP – Agence France-Presse, Grupo Globo, IMAZON – Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia, INPA – Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, ISA – Instituto Socioambiental, MAGIC – Miami Dade College (VR Amazônia), MapBiomas, Museu Goeldi, ONU – Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, RAISG – Rede Amazônica de Informação Socioambiental Georreferenciada,  UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro e USP – Universidade de São Paulo.

Agradecimentos

Agência FAPESP, Alcilene Cardoso, Amazônia 2030, Ane Alencar, Bayer, Beto Ricardo, Beto Veríssimo, Bruna Franchetto, Caetano Scannavino, Carlos Alberto Cid Ferreira (INPA), Carlos Levinho, Carlos Nobre, Cristina Amorim, Duda Pereira, Floriza da Cruz Pinto, Gabriel Gutierrez (Centro Cultural Vale Maranhão), Guilherme Oliveira (Instituto Tecnológico Vale), Jorginaldo de Oliveira (UFRJ), José Ennio Candotti, Maurício Ferrazza, Max Planck Institute for Biogeochemistry, MUSA, Museu do Índio, Noemia Ishikawa, Ollie Wearn, ONG Saúde e Alegria, Patricia Daros (Fundo Vale), Priscila Mizrahy, Renata Salles, Ricardo Folhes, Rita Mesquita (INPA) e Robert Ewerse Tasso Azevedo.

A mostra convida o público a experimentar a sensação de um mergulho em um lago amazônico, ressaltando a importância da diversidade de povos e abordando temas que tentam compreender e escutar quem vive na região e luta pela implementação de dinâmicas econômicas benéficas ao bioma tropical e a sua população. A realidade virtual mostra aos visitantes as atividades do cotidiano indígena e apresenta  a perspectiva que eles têm da natureza.

TÍTULO DO PROJETO 

Fruturos: tempos amazônicos (Itinerância)

PERÍODO 

26/03/2024 – 08/06/2024 

LOCAL 

Centro Cultural Vale Maranhão (MA)

ENDEREÇO

Av. Henrique Leal (Rua Direita) 149, Praia Grande, São Luís – MA

HORÁRIOS

Terça a sábado, das 10h às 19h, exceto feriados.

Coordenação da itinerância e de produção

Automatica

Coordenação

Luiza Mello, Mariana Schincariol de Mello e Marisa S. Mello

Equipe

Amauri Souza, Ayla Gomes, Diogo Fernandes, Geane Lino, Julia Rebello, Lucas Alberto e Paulino Costa

Produção local

Julia Martins

Artista convidado

Paulo Desana

Participantes do trabalho

Aline, Amanda Tupinambá, Carlos Eduardo Abreu Tremembé, Deusilene Araújo Tremembé,  Elicléio Ferreira Tremembé, Ildedison Ramos Souza, José Ribamar Lima Vieira, Liliane Colares Mendes, Lindenilce Martins, Maria José de Souza, Maria Lucia Tremembé, Raquel Tremembé, Sheila Dias de Souza e Sonia Maria Araújo Souza

Adaptação curatorial

Marina Piquet, Izabelle Araujo e Amarílis Lage

Curadoria original

Leonardo Menezes

Concepção curatorial

Luiz Alberto Oliveira, Leonardo Menezes, Eduardo Carvalho e Emanuel Alencar

Editores artísticos

Amarílis Lage e Eduardo Carvalho

Editora de Conteúdo

Jéssica Tabuti

Redator

Felipe Silva

Pré produção

Izabelle Araújo, Bruna Brito, Ricardo De Aquino, Ingrid Vidal e Guilherme Venancio

Consultor-chefe

Paulo Artaxo

Consultores

Anna Carolina Aguiar, Fabio Scarano, Francisco de Assis Costa, Ima Célia Guimarães Vieira, Marina Kahn, Nurit Bensusan, Paulo Moutinho, Ricardo Abramovay e Rita Mesquita

Pesquisadora

Nádia Pontes

Redator dos jogos e interativos de conteúdo científico

Eduardo Carvalho

Roteiros

Renata Di Carmo

Comunicação Estratégica

Marcia Domenech

Educação e Acessibilidade

Camila Oliveira

Projeto expográfico

Renata Pittigliani

Identidade visual

Estúdio Mola

Adaptação identidade visual

Dinamo Design

Cenografia

Camuflagem

Projeto de iluminação

Samuel Betts

Iluminação

Belight

Artesão escultor

Alex Salvador (pirarucu e sucuri)

VR Amazônia

MAGIC – Miami Dade College

Captação de imagens

Amazon Pictures

Produção Audiovisual

Agência Sapiens 

Produção de Mapping

5D Experience e Mandrill Filmes

Confecção de jogos e interativos de conteúdo

El Pinheiro

Acervo

Agência France Presse, Globo, Agência Sapiens e Shutterstock

Projeto e implementação Tecnológica

Inovatec Soluções Audiovisuais

Trilha Sonora

Tim Rescala e Thiago D’albuquerque

Revisão e Tradução

Magma Translation 

Acessibilidade

Mais Diferenças

Artesãos

Ashaninka – Cooperativa Ashaninka da Aldeia Apiwtxa do Rio Amônia, Baniwa – Percílio F. Baniwa, Miguel Fontes Baniwa, Clemente Rodrigues Baniwa e Luis Brazão Baniwa, Kalapalo – Pajé Kunue Kalapalo, Karajá – Harioma Karajá, Kayabi – Ropkranse Kayabi, Marabaixo – Associação Cultural Berço das Tradições Amapaense, Berço do Marabaixo, Waura – Amaiki Waura, Itxulalu Waura, Yakakumalu Waura e Yanomami – Hutukara Associação Yanomami.

Parceiros de conteúdo da exposição

IPAM – Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia, Agência Sapiens, AFP – Agence France-Presse, Grupo Globo, IMAZON – Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia, INPA – Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, ISA – Instituto Socioambiental, MAGIC – Miami Dade College (VR Amazônia), MapBiomas, Museu Goeldi, ONU – Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, RAISG – Rede Amazônica de Informação Socioambiental Georreferenciada, e  UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro e USP – Universidade de São Paulo.

Agradecimentos

Agência FAPESP, Alcilene Cardoso, Amazônia 2030, Ane Alencar, Bayer, Beto Ricardo, Beto Veríssimo, Bruna Franchetto, Caetano Scannavino, Carlos Alberto Cid Ferreira (INPA), Carlos Levinho, Carlos Nobre, Cristina Amorim, Duda Pereira, Floriza da Cruz Pinto, Gabriel Gutierrez (Centro Cultural Vale Maranhão), Guilherme Oliveira (Instituto Tecnológico Vale), Jorginaldo de Oliveira (UFRJ), José Ennio Candotti, Maurício Ferrazza, Max Planck Institute for Biogeochemistry, MUSA, Museu do Índio, Noemia Ishikawa, Ollie Wearn, ONG Saúde e Alegria, Patricia Daros (Fundo Vale), Priscila Mizrahy, Renata Salles, Ricardo Folhes, Rita Mesquita (INPA), Robert Ewers e Tasso Azevedo.

Fruturos: Tempos Amazônicos apresenta a Amazônia em diferentes tempos e através dos conhecimentos dos povos originários. Montada em 2021 no Museu do Amanhã (RJ), a exposição vai passar por 4 cidades do Norte e Nordeste do país e tem sua primeira parada aqui no Centro Cultural Vale Maranhão, com inauguração no dia 26 de março. Na mostra pensamos os desafios atuais da Amazônia e os caminhos já existentes para sua permanência no futuro. Três pilares guiam a ideia de um novo modelo de desenvolvimento socioambiental e econômico para a região amazônica: conhecimento científico, saberes tradicionais e compromisso com a conservação da floresta. A exposição é resultado da articulação desses princípios. Venham navegar pelas belezas, mistérios e urgências da maior floresta tropical do planeta.

TÍTULO DO PROJETO

Formas de Respirar

 

LOCAL

Espaço Cultural Sérgio Porto

 

ENDEREÇO

Rua Humaitá, 163, Humaitá, Rio de Janeiro

 

VISITAÇÃO

03/04/2024 – 28/04/2024

ARTISTAS

Anna Costa e Silva

Rafa Éis

REALIZAÇÃO

República.org

Instituto Betty & Jacob Lafer

Automatica

PRODUÇÃO

Automatica

Amauri Souza

MONTAGEM

Los Montadores 

AUDIOVISUAL

Boca do Trombone

DESIGNER GRÁFICA

Clara Silva

FOTOGRAFIA

Fabio Souza 

Formas de Respirar apresenta instalações, filmes, desenhos, fotografias e textos, resultado da colaboração entre os artistas visuais Anna Costa e Silva e Rafa Éis e as/os servidora/es públicos da Secretaria Municipal de Cultura (SMC) do Rio de Janeiro. Os artistas participaram da Residência Artística Setor Público (RASP), que prevê a imersão em órgãos públicos brasileiros durante doze meses, para construir processos em colaboração com os funcionários dessas instituições.

Anna apresentou o filme-devaneio “Ventário” e Rafa Éis a série de fotografias e esculturas “Formas de Respirar”, que também deu nome à exposição. Em comum, ambos projetos buscaram um olhar pessoal e subjetivo para e com os servidores participantes, em contraponto às jornadas de trabalho automatizadas e muitas vezes asfixiantes. 

TÍTULO DO PROJETO 

Hiromi Nagakura até a Amazônia com Ailton Krenak

PERÍODO 

28/02/2024 – 27/05/2024 

LOCAL 

Centro Cultural Banco do Brasil RJ

ENDEREÇO
R. Primeiro de Março, 66, Centro – Rio de Janeiro

HORÁRIO
De quarta a segunda, de 9h às 20h

Artista

Hiromi Nagakura

 

Curadoria

Ailton Krenak

 

Curadoras assistentes

Angela Pappiani

Eliza Otsuka

Priscyla Gomes

 

Idealização

Instituto Tomie Ohtake

 

Design Gráfico

Vitor Cesar

Felipe Carnevalli De Brot

Bárbara Catta (adaptação do projeto design remodeling)

 

Produção

Instituto Tomie Ohtake

Automática

Amauri de Souza

Geane Lino

Izabel Campello

Lucas Alberto

Luiza Mello

Mariana Schincariol de Mello

Marisa S. Mello

Paulino Costa Neto

 

Projeto Expográfico

Lucas Fabrizzio

Rodolfo Borbel Pitarello

 

Impressão Fine Art e Tratamento de Imagem

Renato Gaiofato – espaço opHicina

 

Logística e transporte de obras

Fink Mobility

 

Cenografia

Gabarito Cenografia

 

Iluminação

BLight

 

Impressão em tecido

Gráfica Moraes Júnior

 

Montagem

Kbedim Montagem e Produção Cultural

 

Plotagem e sinalização

Ginga Design

 

Audiovisual

On Projeções

 

Tradução Japonês

Marta Yamamoto

 

Tradução libras

Thainá Nunes

 

Museologia

Camila Cardoso

Caroline Reis

Daniele Santos

Flora Pinheiro Hernandes

Fabiana Motta

Tamine Gesualdi de Andrade

A exposição apresenta 160 fotografias no Brasil do premiado fotógrafo japonês Hiromi Nagakura. Nagakura realizou 5 viagens com o líder ambientalista Krenak pelo território amazônico entre 1993 e 1998, onde é possível ver registros das nações indígenas Yanomami, Xavante, Krikati, Gavião, Yawanawá, Huni Kuin e Ashaninka. Com curadoria de Ailton Krenak e curadoria adjunta de Angela Pappiani, Eliza Otsuka e Priscyla Gomes, a mostra que já passou por São Paulo e chega ampliada ao Rio de Janeiro, com fotos que não estiveram presentes na edição paulistana da exposição e conta com objetos dos povos visitados. 

TÍTULO DO PROJETO

Residência Artística Setor Público 2023

LOCAL

Fundação João Goulart

PERÍODO DE DURAÇÃO

Fevereiro de 2023 a dezembro de 2023

ARTISTA

Eleonora Fabião

REALIZAÇÃO

República.org

Instituto Betty & Jacob Lafer

Automatica

RASP é uma residência que prevê a imersão de artistas em órgãos públicos brasileiros, para construir processos e/ou objetos em colaboração com os funcionários dessas instituições.

Pela primeira vez na RASP, a artista Eleonora Fabião apresenta uma proposta de trabalho que reúne servidoras e servidores de diferentes instituições públicas da cidade do Rio de Janeiro. A Fundação João Goulart desenvolve pessoas, realiza projetos e cria métodos e conexões para melhorar a qualidade das políticas públicas para o cidadão carioca.

Eleonora Fabião, através do projeto T R A M A, buscou dar sequência a uma reflexão contínua sobre o serviço público considerando as constantes mudanças, demandas e desafios enfrentados em uma cidade como o Rio de Janeiro. O objetivo foi imaginar conjuntamente uma série de propostas para e com a cidade dialogando com servidoras, servidores e as anfitriãs e anfitriões que receberam o projeto em distintos centros culturais na cidade. Para elaboração destas propostas, os encontros da T R A M A contaram com a presença de 4 grupos de servidoras/es divididos em 8 encontros. Cada grupo participou de, no mínimo, dois encontros para debater “o serviço público, a coisa pública, a cidade do Rio de Janeiro, o bem comum”, nas palavras da artista.

Mais sobre a residência em http://rasp.art.br/artistas/eleonora-fabiao/

TÍTULO DO PROJETO

Brasil: Avenida de possibilidades

 

LOCAL

Galpão Bela Maré

 

ENDEREÇO

Rua Bitencourt Sampaio – Maré, Rio de Janeiro – RJ

 

VISITAÇÃO

14/11/2023 – 02/03/24

Artistas

Allan Pinheiro

Bruno Miguel

Deneir

Fabiano Mixo

Gê Viana

Imagens do Povo

Imaginário Periférico

Jéferson Vasconcelos 

Juliana Sacramento

Kika Carvalho

LEOA

Lúcia Laguna

Manaíra Carneiro

Melissa de Oliveira

Missão na Brasil – Xarpi RJ

Mulambö

Pedro Évora

Acervo Casa de Oswaldo Cruz/FIOCRUZ

 

Curadoria

Rebeca Brandão e Bruno Miguel

Organização e produção

Automatica

Observatório de Favelas | Galpão Bela Maré

 

Design gráfico

DesignLinhadas

 

Revisão de texto

Duda Costa

 

Audiovisual

Boca do Trombone

 

Iluminação

BeLight

 

Vídeos

Samuel Fortunato

Léo Mello 

 

Montagem

KBedim Montagem e Produção Cultural

Num movimento pendular, o Festival Brasil: Avenida de Possibilidades transita principalmente pela relação entre passagem e permanência. A Avenida Brasil foi a primeira rodovia federal e hoje é a maior via expressa do país. A história dessa via se conecta a inúmeras histórias de pessoas e grupos sociais, que coletivamente viabilizaram expansão urbana, desenvolvimento econômico e industrial e, sobretudo, migrações e conexões possíveis entre centralidades da metrópole fluminense, construindo assim identidades baseadas na diversidade e no movimento contínuo. Através de trabalhos de novos e já consolidados artistas, a exposição inclui intervenções artísticas realizadas nas passarelas da Avenida.

TÍTULO DO PROJETO

Festas, sambas e outros carnavais

 

LOCAL

Sesc Casa Verde

 

ENDEREÇO

Av. Casa Verde, 327, Jardim São Bento, São Paulo

 

VISITAÇÃO

27/10/2023 – 05/05/2024

ARTISTAS 

Abel Teixeira, Adalton Fernandes Lopes, Adriano Jordão de Souza, Amaro Rodrigues, Anastácia Oliveira, Antônio de Oliveira, Armando Santos Xavier, Batata da Latinha, Benedito da Silva,Capitão Pereira (Antônio Pereira), Celestino (José Celestino da Silva), Ciça (Cícera Fonseca da Silva), Ciça do Barro Cru, Clóvis Matias de Moura, Cristiano Salustiano Soares, Delma (Maria Delma de Melo), Ednaldo, Elias F. Santos, Ernestina, Euzimar Meireles, Genésio de Melo, Heleno Manuel, João Alves, João Câncio, João Cândido, Joel, José Antônio Barros, José de Jesus Figueiredo, José R., Juan Pablo dos Santos Araújo, Laurindo, Leonildo, Louco (Boaventura da Silva Filho), Leandro Guimarães de Oliveira, Luíz Antônio, Lunildes de Oliveira, M.C.M., Manoel M J S, Manuel Eudócio, Manuel Vitalino, Maria Cândido Monteiro, Maria Cristina de Andrade, Maria de Beni, Maria de Lourdes Cândido, Marliete Rodrigues, Mestre Vitalino (Vitalino Pereira dos Santos), Nino (João Cosmo Félix), Nhô Caboclo (Manoel Fontoura), Nhozim (Antônio Bruno Pinto Nogueira), Noemisa Batista dos Santos, O G Sales, Padeiro Oliveira (Sebastião de Oliveira), Porfírio Faustino, Raimundo Ferreira Lima, Raimundo Nonato, Ratão Diniz, Roger Cipó, Severino Vitalino, Sil da Capela (Maria Luciene da Silva Silqueira), Socorro Rodrigues, Tamba (Cândido Santos Xavier), Vicente Paulo da Silva, Victor Guerreiro, Walter Firmo, Zé Caboclo, Zé do Carmo, Zé Rodrigues, Zequinha (José de Souza) e Zezé de Juazeiro

 

CURADORIA E IDEALIZAÇÃO

Angela Mascelani e Lucas Van de Beuque (Museu do Pontal)

 

CURADOR CONVIDADO 

Tadeu Kaçula

 

DIREÇÃO DE ARTE 

Angela Mascelani, Roberta Barros e Lucas Van de Beuque 

 

PROJETO EXPOGRÁFICO E DESIGN GRÁFICO 

Roberta Barros 

 

PROJETO ARQUITETÔNICO 

Bao Estudio – 

Tatiana Durigane 

Raphael Secchin

Camila Papin (Montagem)

Nicolie Duarte (Assistente) 

 

PROJETO DE LUMINOTÉCNICO E PROJETO MULTIMÍDIA 

Boca do Trombone – Felipe Messina e Julio Lobato 

 

ENGENHEIRO RESPONSÁVEL 

Jarreta Projetos – Murilo Jarreta 

 

PRODUÇÃO 

Automatica – Luiza Mello, Mariana Mello, Diogo Fernandes (Produção local) 

 

CENOGRAFIA 

Eprom – Jaime Martins Secall, José Carlos Martins Secall, Antonio Balbi (Arquiteto executivo), Givanildo Ferreira Ramos (Encarregado executivo) 

 

COORDENAÇÃO DE CONTEÚDO 

Fabiana Comparato 

 

MUSEOLOGIA 

Marcella Bacha, Sergio dos Santos, Vanessa Freire, Mariana Gomes e Alan Pinheiro 

 

FOTOGRAFIAS 

Lucas Van de Beuque, Roberta Barros, Camila Papin e Cafi 

 

FOTOGRAFIAS DAS OBRAS DE JOÃO CÂNDIDO 

Ricardo Ferreira/Sesc São Paulo 

 

EQUIPE ROGER CIPÓ 

Luana Lima (Produção de moda) e Richard Jefferson(Assistente de produção e de direção) 

 

MONTAGEM

SuperArte

 

VÍDEOS E FILMES 

Museu do Pontal 

 

ACERVO 

Museu do Pontal 

“Festas, sambas e outros carnavais” aborda diversas festas brasileiras na reunião de mais de 222 obras, de 78 artistas do acervo de esculturas do Museu do Pontal, e um expressivo conjunto de obras do pintor João Cândido, que celebram as festas brasileiras. Conta também com obras e retratos de pessoas do território da Casa Verde, em reverência às suas contribuições para o campo da cultura. A exposição oferece ao público uma experiência na qual o protagonismo das camadas populares emerge na sua dimensão de resistência.

TÍTULO DO PROJETO

Festival Mulheres do Mundo 2023

 

LOCAL

Praça Mauá

 

ENDEREÇO

Praça Mauá, s/n – Centro, Rio de Janeiro

 

VISITAÇÃO

27/10/2023 – 29/10/2023

Realização

Redes da Maré e Fundação WOW

 

Curadoria

Eliana Sousa Silva 

 

Direção Geral

Eliana Sousa Silva, Geisa Lino e Maïra Gabriel Anhorn 

 

Direção de Produção e Comunicação

Geisa Lino

 

Pesquisa e Programação Diálogos 

Andreza Jorge, Érica Peçanha, João Aleixo, Júlia Leal, Maïra Gabriel Anhorn,  Vinicius Bernardo. 

 

Programação artístico cultural 

Geisa Lino

 

Programação Infantil

Bibliotecas da Redes da Maré e Biblioteca do MAR

 

 Produção 

Automatica 

Adriana Salomão

Alana Donola

Ana Pimenta

Ayla Gomes

Bruna Sampaio Padua

Geane Lino

Izabel Vieira Campello

Julia Rebello

Mariana Schincariol de Mello

Marisa Schincariol de Mello

Mônica Prado Bentes

Natalia C.

Natasha Peck

Tatiana Santos Corrêa de Mello

 

Produção Artístico e Cultural e Comunicação

Bia Policicchio

 

Produção 

Nathyê Ribeiro

 

Assistente Produção Artístico e Cultural

Kamila Camillo

Maria Lethícia Barcellos

 

Assistente Produção Praça Mauá e Pilotis

Luana Dias

Gabrielle Nogueira

 

Assistente Produção Armazém

Grazi Diniz

Mônica Souza

Larissa Cunha

 

Assistente Produção Artística

Rodrigo Maré

Juliana Praxedes

 

Assistente de Produção – Oficina Pretalab

Luana Domingos

 

Produção Internacional

Renata Peppl 

Kiki Bentes

Laura Perez

Carolina Cal

Luisa Lessa 

Luísa Zanni 

Brenno Erick

 

Cobertura Redes Sociais

Thais Magalhães

 

Jornalista

Amanda Célio

 

Conteúdo e redes sociais

Paula Ubaldino, Bia Policicchio, Thais Magalhães, Gracilene Firmino

 

Designers

Bruna Montuori, Juh Barbosa e Amapola Rios 

 

Designers assistentes

Thaís Oliveira, Adriana Reis e Thais D’Oliveira

 

Site

Kenzel, Amapola Rios e Marcos Rogozinski

 

Assessoria de imprensa

Gamarc Comunicação

 

Projeto expográfico

LICAAA | Lilian Sampaio

 

Produção Feira Negócios Delas

Natalia Costa 

 

Equipe Feira Negócios Delas

Kelly Marques 

Mariana Aleixo 

Sebrae

 

Produção Ativistas em Rede

Myllenne Fortunato 

Naymare Azevedo – Ayabá.CC

Thalita Alcantara – Ayabá.CC

 

Coordenação Monitoria

Bruna Ribeiro

 

Supervisão de Monitoria

Natalia Anjos R. dos Santos 

Renata Perci Santiago 

Mayara Porto de Souza Moura 

Lorena Santos Siqueira

Ohana Bonsu Dankwah

Roberta Cunha Azevedo de Souza 

Taiza dos Santos Pereira da Silva

Raquel Ferreira Pires

Carolina Helena Oliveira da Silva 

Patrícia Ramalho Gonçalves 

Wand Treice Barbosa

 

Monitoras

Rayanne Felix da Silva

Luciene Vieira 

Shirlane Costa 

Claudia Ferreira 

Rebecca Vitória Lorindo do Nascimento 

Brenda Vitória Pacífico Pinto 

Amanda Lourenço Marques da Silva 

Mônica Maria da Silva Cândido 

Lua brainer

Vânia da Silva Pereira 

Tailene santos de aquino

Fernanda Viana Araujo

Tassia Thais Rufino Pimenta

Nabilla Lacerda Santana 

Handy Silva rosa Barbosa 

Eliane Laia Oliveira 

Luana Alves da Silva 

Leah dos Santos Souza Tavares Cunha 

Rebecca Angelique Silva de Araújo 

Arda Paranhos 

Fernanda Carla da Silva Costa 

Gabriela Beatriz dos Santos 

Victoria Alves de Oliveira

Ingrid Velloso 

Thays dos Santos Pinto

Carla Araújo da Conceição

Morgana Côrtes de Oliveira Esteves Cardoso

Tereza Cristina Silva

Luiza Azevedo Aguiar 

Maria Lidia Moraes

Viviane Lima de Menezes 

Suelem Carvalho de Castro 

Daiani Cristina Mariano de Araujo

Ana Carolina sarti dos reis 

Aline Regina Alves de Sousa 

Silvana Cesário Coelho 

Taiane Ribeiro Silva de Sousa 

Julia dos Santos Paula

Sabrina Silva Ferreira 

Nayara Patricia Diniz Santos

Millena Juliette Teles Moraes Ventura

 

Receptivo

Ana Luíza Aleixo dos Santos

Ana Moreira Trotta

Ana Paula Pinheiro

Anna Beatriz Bucker do Carmo

Brenda Pinheiro de Oliveira

Dária Da Costa Bento

Evelyn  Almeida do Santos 

Isabelle Borges Silva

Luize Mendes Dias

Thayanna Costa da Silva Jesus de Castro

Vitoria Azevedo Custodio

 

Técnico Operacional de Ingressos

Saul Oliveira

 

Equipe Casa das Mulheres da Maré

Julia Leal, Mariana Aleixo, Myllenne Fortunato, Andreza Dionísio, Brenda Vitória e Carla de Castro.     

 

Captação de Recursos 

Redes da Maré 

 

Relacionamento Institucional e Jurídico

Gisele Ribeiro Martins,  Isabela Porto e Nubia Alves

 

Colaboração na  Captação de Recursos

Renata Mader

Cris Naumovs

 

Equipe Gestão financeira

Claudia Bezerril 

Sandra Siqueira 

Clarice Magalhães

Ivanise  Barbosa

 

Acessibilidade 

7.1 Acessibilidade 

Raissa Couto

 

Cenotécnico

Camuflagem

 

Projeto gráfico da sinalização 

Amapola Rios

 

Iluminação

Belight

 

Sonorização e multimídia

Boca do trombone

Tradução

Soar Soluções Linguísticas

Com ânimos renovados, a segunda edição do Festival Mulheres do Mundo chegou ao Rio de Janeiro. O Festival mobilizou artistas, ativistas, intelectuais e artesãs durante um fim de semana na Praça Mauá para acentuar a importância das mulheres no momento de uma crise sanitária, humanitária, e na resistência diante da retirada clara de direitos no país, mas não somente. Exaltar os seus modos de lidar com as adversidades, as formas inventivas de superar desafios, mas também perseverar nas mudanças que precisam acontecer no mundo são algumas das razões do WOW acontecer. Na edição 2023, o evento contou com a participação de intelectuais como a escritora Conceição Evaristo e a Ministra da Igualdade Racial Anielle Franco, além de shows da Alcione, Marina Sena, MC Carol, Larissa Luz, Majur e muitas outras.